segunda-feira, 23 de abril de 2018

UMA PLANTINHA CHAMADA AMIZADE

por) Edison Borba
Tenho uma querida amiga, Teresa, que afirma categoricamente: “amizade é igual a uma plantinha – precisa ser cuidada frequentemente”. Sem dúvida, as palavras da Tetê, são sábias! Muitas vezes, deixamos de telefonar, enviar uma mensagem, lembrar do aniversário de pessoas que amamos, na certeza que, por sermos amigos, estes “agradinhos” não fazem falta. Ficamos com a antiga e usada observação: “quando nos encontramos, parece que foi ontem, que nos vimos pela última vez”.
Eu também me incluo nos que fazem esta afirmação. Porém, quando recebemos a notícia que uma pessoa querida nos deixou, amargamos os encontros não realizados, telefonemas cancelados e desculpas para explicar um desencontro, choramos e prometemos que jamais deixaremos de fazer contato com os amigos.
O tempo passa e repetimos a mesma atitude!
Portanto, vamos lembrar das palavras da Teresa e cultivarmos nossas amizades, com pequenos mimos. É baratinho e vale a pena!

sexta-feira, 6 de abril de 2018

ESTOU COM MEDO!

(por) Edison Borba

 
 
 
 
Diante da confusão que assola meu País
Estou tendo cuidado, de expressar opinião
Estou ficando calado, estudando o ambiente
Fico sondando toda a gente, que antes me faziam feliz,
Não sei mais quem é quem, desconheço até “amigos”
Estou com muito medo!
Sou apenas trabalhador, que é a favor do amor
Senhoras e senhores e todos os meus amores
Vou saindo de mansinho com minha viola no saco
Vou cantar e recitar meus versinhos de varal
Em lugar longe daqui, pois não quero me dar mal
Quem sabe eu encontro alguém,
A fim de ouvir minhas rimas e também os meus poemas
Cujo tema eu não nego, nunca vou negar não
Sonho com um Brasil, que valoriza a EDUCAÇÃO!
******

terça-feira, 3 de abril de 2018

UMA COMOVENTE HISTÓRIA

UMA COMOVENTE E VERDADEIRA HISTÓRIA – (por) Edison Borba


Na tarde deste Domingo de Páscoa (1 de abril), recebi o telefonema de uma amiga, com quem trabalhei (faz tempo). Após os abraços e desejos de felicidade, nossa conversa caminhou para questões familiares. Para minha surpresa, ela queixou-se da solidão de viúva, mesmo tendo filhos e netos. A verdade ouvida por mim doeu em minha alma. Ela providenciou um almoço de Páscoa, apesar de todos estarem em sua casa, o uso dos celulares e a pressa em cumprirem outros compromissos, deixou-a só, mesmo quando eles estavam “presentes” e sentados em torno da mesa.
O que me fez reflexivo, foi a sua confissão: ela se culpava pelo fato de ter presenteado os três netos com modernos celulares.

Confesso que me emocionei bastante!

sábado, 31 de março de 2018

SÁBADO SANTO

SÁBADO DE ALELUIA (por) Edison Borba
Jesus permanece no sepulcro. Na Vigília Pascal, os fiéis ainda estão à espera, na esperança da ressurreição. Neste dia, inicia-se a Vigília Pascal, que termina com o amanhecer da Páscoa. 
 

Durante esta semana SANTA, foi possível refletirmos sobre a avareza, a ganância, a traição, a bondade, a resignação, a gratidão, a doação e o amor, que caracterizam atitudes boas ou más relacionadas aos seres humanos. Que particularmente, cada um de NÓS, tenhamos tido a humildade de reconhecermos em nosso coração os diversos sentimentos e seleciona-los para conduzir a nossa vida.

sexta-feira, 30 de março de 2018

PAIXÃO DE CRISTO

(por) Edison Borba

Sexta-feira da Paixão, não é um dia comum
É tempo de oração e de muita reflexão
Não podemos esquecer o que aconteceu
Com Jesus Cristo Senhor, o nosso Salvador.
Traído por um amigo, um apóstolo querido
Por algumas moedas de ouro
Ele perdeu um tesouro de alta qualidade
A relação de um companheiro uma leal amizade
Jesus sofreu, padeceu, foi machucado e injustiçado
Seu corpo foi flagelado, e humilhado
Coroado com espinhos, ele foi transfigurado
Muita dor provocada pelo açoite impiedoso
Dos muitos soldados romanos
Infelizes aprendizes, isto é, desumanos
Mas nem tudo foi desamor, numa das quedas de Cristo
Uma mulher corajosa, Verônica a piedosa
Enfrentando a multidão o rosto de Jesus enxugou
Deixando marcada pra sempre a sua imagem de dor
Muito tempo já passou desde que Cristo morreu
Numa cruz crucificado, mas a história continua
Atual e verdadeira, e nesta sexta-feira, não podemos esquecer
Desta história de amor,
Fraternal amor, pela humanidade!

quinta-feira, 29 de março de 2018

FATOS BÍBLICOS.

(por) Edison Borba

Sempre tive curiosidade sobre o destino dos Apóstolos, os homens que seguiram Jesus, depois da crucificação de Cristo. O que teria acontecido com eles? Apesar de não ser um estudioso do assunto encontrei as seguintes informações:


>>Simão Pedro: foi crucificado em Roma, de cabeça para baixo.

>>Tiago (o mais velho): foi decapitado por Herodes.

>>Tiago (o mais jovem): foi crucificado no Egito.

>>André: pregou na Grécia e Ásia. Foi crucificado.

>>Filipe: morreu como mártir em Hierápolis.

>>Bartolomeu: viveu na Armênia, sendo golpeado até a morte.

>>Tomé: foi martirizado e morto em Madras.

>>Mateus: morreu como mártir na Etiópia.

>>Judas Tadeu: morreu como mártir pregando o Evangelho na Síria e na Pérsia.

>>Simão: o zelote, foi crucificado.

>>Matias: que ficou no lugar de Judas Iscariotes, foi martirizado na Etiópia.

>>Paulo: foi decapitado em Roma por ordem de Nero.

Pelo que podemos constatar, não é fácil manter as palavras de Jesus. O amor e a paz, ainda são um perigo para todos os que lutam para que o mundo possa usufruir dessas dádivas.